Brasil e Portugal estreitam laços com criação da Câmara de Comércio do Centro-Oeste

Governador assinou protocolo de intenções que cria o órgão e o acordo de cooperação com o Sebrae Goiás para impulsionar a relação entre Goiás e Portugal

Com o objetivo de estreitar laços comerciais e turísticos entre Brasil e Portugal, o governador Marconi Perillo (PSDB), o embaixador de Portugal no Brasil, Jorge Cabral, e o governador do Tocantins, Marcelo Miranda (PMDB), assinaram na tarde desta quinta-feira (23/2), no Palácio Pedro Ludovico Teixeira, o protocolo de intenções para a criação da Câmara do Comércio do Centro-Oeste – Sucursal Goiás, além do acordo de cooperação com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) Goiás.

O Plano de Ação da Câmara de Comércio Brasil/Portugal Centro-Oeste prevê a preparação dos pequenos negócios de Goiás para a internacionalização, fomentando a capacitação e facilitando o acesso dos empresários aos serviços de suporte e à inserção competitiva internacional e terá frentes de trabalho também nas áreas cultural e social. Além disso, irá colocar ao alcance dos empresários serviços de inteligência comercial, prospecção de mercado, apoio para a elaboração de planos de internacionalização e estímulo à participação em missões empresariais.

Em discurso, o governador Marconi Perillo ressaltou o ineditismo da criação da entidade e a importância da relação direta entre do governo português com estados do interior do Brasil, não se restringindo aos grandes centros urbanos. Ele aproveitou a ocasião para abrir as portas também do Consórcio do Brasil Central para interlocução com Portugal.

“Nós temos muitas possibilidades, a língua é a mesma e há uma reciprocidade muito grande entre um país e outro. O que falta, na minha opinião, é ampliarmos a interlocução. Precisamos intensificar, sobretudo, as relações na área do Turismo. O Brasil pode e deve ser o principal destino turístico de Portugal e Portugal deve ser não apenas a porta de entrada para o Brasil do ponto de vista comercial, mas também um grande destino turístico para o Brasil. A gente começa aqui hoje a desenhar uma grande parceria daqui para frente”, afirmou Marconi.

O governador parabenizou ainda Portugal por ter conseguido se desvencilhar da crise econômica dos últimos anos e ponderou que as medidas adotadas pelo governo português garantiram ao país a requalificação da área econômica e servem de grande exemplo de superação para todos os brasileiros.

“Precisamos aprender a lição que Portugal deu ao mundo. O governo português foi capaz de assumir uma postura absolutamente aguerrida, corajosa, de austeridade e equilíbrio fiscal, que fez aquele país dar a volta por cima. O governo português teve a coragem de enfrentar e vencer a crise. Quando a gente olha para o Brasil e percebe que os problemas são menores, há que se ter convicção de que é possível vencer uma crise com política séria, com medidas corretas e de austeridade que combatam o populismo fiscal”, pontuou.

Atualmente, Portugal é considerado a principal entrada para o mercado europeu e é um dos 20 mais visitados do mundo por turistas. Além da língua em comum, a nação divide parte da história com o Brasil e tem em Goiás uma grande comunidade lusitana. A Câmara reúne empresários, profissionais liberais e dirigentes políticos que terão papel essencial na construção de oportunidades com o país irmão.

Segundo o presidente da Câmara de Comércio Brasil/Portugal Centro-Oeste – Sucursal Goiás, Ivan Marques, será fomentado o intercâmbio de ideias, negócios e oportunidades para os “dois lados do Atlântico”, com enfoque nas pequenas e microempresas, que terão cooperação do Sebrae nas iniciativas de internacionalização. E também oferecerá apoio aos portugueses radicados nos dois estados, que compõem inicialmente a Câmara.

Em discurso, Ivan Marques reafirmou o compromisso com a sustentabilidade da Câmara. “Sabemos que esse desafio e as conquistas que virão vão engrandecer e honrar muito o Estado de Goiás. A ousadia é a marca do nosso governador e, por isso, a Câmara não poderia fugir desse foco de aceitar desafios sabendo que o resultado será muito bom para os dois países”, disse.

Diretor-superintendente do Sebrae Goiás, Igor Montenegro salientou que o estreitamento da relação entre os dois países será fundamental para impulsionar a troca de experiências comerciais e culturais entre as duas nações, a partir dos dois estados brasileiros.

“Vemos o futuro do comércio internacional com muita esperança. Essa é uma forma de aproximar povos e culturas através do comércio e, mais do que isso, aproximar o desenvolvimento econômico e social de cada região. Aumentar o fluxo de comércio entre os países significa a melhoria de relações internacionais e também a promoção de mais desenvolvimento social e econômico nas duas pontas”, destacou Montenegro.

O governador do Tocantins, Marcelo Miranda, observou que Goiás e Tocantins são estados que têm crescido acima da média do restante do país e que a criação da Câmara simboliza mais um importante acordo visando potencializar o desenvolvimento da região Centro-Oeste, especialmente em momento de crise econômica nacional.

“Goiás e Tocantins têm mostrado a sua força, as suas tendências. Nós, sim, somos exportadores e temos condições de alimentar uma boa relação. O que estou vendo aqui hoje é uma integração que mexe com setores. Nós temos que aproveitar esse momento agora que a economia do Brasil começa a despertar para reverter o que estávamos perdendo”, pontuou.

No evento desta quinta, também tomaram posse os membros diretivos da nova entidade, que reúne brasileiros e portugueses visando criar oportunidades de negócios entre os dois países com enfoque nos estados de Goiás e Tocantins.

Participaram também da solenidade o Cônsul Honorário de Portugal, José Pedro Martins dos Santos; o presidente da Câmara de Comércio Brasil/Portugal Centro-Oeste – Sucursal Brasília, Fernando Brittes; o presidente da Fieg, Pedro Alves de Oliveira; o secretário de Estado de Assuntos Internacionais, Isanulfo Cordeiro; o deputado estadual Francisco Júnior; o ex-governador Irapuan Costa Júnior; entre outras autoridades.

Fonte: jornalopcao

 

Voltar

Patrocinadores

Apoio

Siga-nos

  • SCLS 302 Bloco B Loja 22 - CEP 70338-520 - Brasília-DF

  • (55 61) 3225-6630 - 3326-2002 / 9 9981-0615

  • contato@ciers.org.br